#1 ideias

Imagem

Certa vez um amigo muito querido me perguntou se eu era feliz.

Há algo mais singular do que o conceito de felicidade?

Acho que não! Cada um tem o seu e o relaciona à forma, princípios, desejos e à maneira como encara a vida.

Nós estávamos conversando sobre o assunto felicidade, mas nos referindo aos relacionamentos, a estes investimentos de anos de sentimentos, energia, experiências e de momentos bons e ruins da vida.

Não é do meu feitio falar sobre minha vida pessoal na rede , de atestar ou aparentar “coisas” que somente interessam a mim e às pessoas que eu amo. O fato é que para contar a resposta acabarei a ela fazendo menção.

O respondi de maneira simples, como acredito que são em “essência” os relacionamentos. Respondi sem precisar tecer a minha opinião sobre freios e contrapesos. E assim, o fiz:

– Quer saber quando uma pessoa é feliz? Quer saber se eu ou qualquer outra pessoa somos felizes? Preste atenção aos olhos. Isso é muito fácil! Veja se encontra brilho nos olhos dessa pessoa. Haverá ou não haverá… Posso lhe garantir que não há sorriso, maquiagem ou opinião alheia que o cria, o disfarça ou o apaga. Simples assim.

lindo texto da amiga Liana Aranha.

Ana Carolina e Rosana Catalani

foto: site weheartit

Fonte:  http://weheartit.com/tag/

Sobre sonhos e mudanças

 

“Sonhe com aquilo que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passaram por suas vidas”.

Há momentos- Clarice Lispector

This slideshow requires JavaScript.

E sobre mudanças:

   “Lembre-se de que a Vida é uma só.E pense seriamente em arrumar um outro emprego,

uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!” ***

                        ***Trecho do Poema “Mude” de Edson Marques

Hello world!

Hi!

Somos 2 amigas que amamos poesia, moda, música e qualquer assunto relacionado.

Amigas irmãs e residentes em SP,  crescemos no MA.

Hoje estudamos Moda e Marketing  respectivamente na Sta. Marcelina.

Temos um projeto com o blog, mas que no momento está lento com os estudos.

Qualquer informação e contato escrevam para:

rosac.catalanio@gmail.com

carolinamaia79@msn.com

Abraços e sejam bem-vindos

Rosana Cardoso Catalani

Ana Carolina Maia